Paz deve vir de dentro para fora

Por Lindsay Griswold, especialista sênior do programa Intercâmbio de Jovens e de proteção aos jovens

Eu cresci em uma casa que não era pacífica. Portanto, acho que a paz é algo que sempre procurei inconscientemente, em minha vida, trabalho, passatempos e outros interesses. Depois de me formar na universidade, entrei para o Peace Corps dos EUA e servi como voluntária em educação para surdos no Quênia. Esta experiência me mudou de inúmeras maneiras e me ajudou a ser mais paciente, flexível e resiliente.

Jul. 06-20

Lindsay Griswold participando de uma dança tradicional do Quênia durante seu voluntariado com o Peace Corps em 2006.

Ao voltar para casa, servi na AmeriCorps, trabalhei como educadora, recebi meu diploma de pós-graduação em trabalho social, e muito mais. Cada nova experiência aumentou minha paixão pela paz.

Continuei minha jornada em prol da paz quando iniciei minha carreira no Rotary International, em 2014. Eu trabalho com o Intercâmbio de Jovens, um dos programas mais fortes da nossa organização. Quando o Rotary anunciou a parceria com o Instituto de Economia e Paz (IEP) em 2017, fiquei entusiasmada para ver como isso se aplicaria aos programas rotários, incluindo o Intercâmbio de Jovens. Eu completei a Academia Rotary de Paz Positiva em 2018 e mais tarde fiquei sabendo do programa de Embaixadores do IEP por meio de um rotariano. Foi a oportunidade perfeita.

Os embaixadores participam de uma série de webinars que analisam dados abrangentes e atualizados sobre paz e prevenção de conflitos. Em seguida, eles colocam seus conhecimentos em prática, organizando uma apresentação ou projeto para sua rede ou comunidade.

Planejei meu projeto como um treinamento presencial durante uma sessão de orientação do Intercâmbio de Jovens para estudantes inbound e outbound, e intercambistas regressando à região de Asheville (Distrito 7670). Como o Intercâmbio de Jovens é um programa de estudos no exterior, foquei no pilar “bons relacionamentos com vizinhos” da Paz Positiva.

Mas a pandemia de covid-19 aconteceu e mudou tudo. Com o distanciamento social e lockdown mandatórios, ficou impossível realizar uma apresentação presencial.

Então, eu usei a flexibilidade que adquiri como voluntária e adaptei meu treinamento para um público virtual formado por ex-voluntários do Peace Corps. O foco foi o mesmo, mas agora estava analisando os serviços em diversos países através das lentes dos índices de Paz Global e de Paz Positiva de 2019.

Sep. 21-18-2

O projeto acabou sendo a parte mais significativa do programa para mim, embora no início estivesse preocupada com a tarefa. E quando tive que mudar meus planos, fiquei ainda mais ansiosa. Mas, por causa disso, me senti motivada a fazer uma apresentação interativa, de alta qualidade e relevante para meu público.

Ao olhar para protestos civis acontecendo nos EUA e em outras partes do mundo, eu me lembro do que aprendi no programa Embaixador do IEP. A paz começa de dentro para fora e é o primeiro sinal de que estamos na direção certa. Para ativar a Paz Positiva, devemos começar dentro de nós mesmos e dali estender esses esforços para nossos relacionamentos, bairros, cidades, estados e o mundo todo.

O Rotary tem parcerias com o Instituto para Economia e Paz e o Peace Corps. Quer se envolver mais com esforços pró-paz? Faça a Academia Rotary de Paz Positiva ou torne-se um embaixador IEP.

Meio ambiente vira área de enfoque

Por Roberto H. Torquato, Departamento de Comunicação Global, Rotary International

Em 22 de abril de 1970, o mundo celebrava o primeiro Dia da Terra. Isso chamou a atenção de governos e do cidadão comum sobre a importância de cuidarmos melhor do nosso planeta. Leis ambientais foram aprovadas Continuar lendo

Rotary e os refugiados: projeto em Boa Vista apoia limpeza de abrigos

paulo_maquina

Paulo Bragato auxilia na produção de água sanitária

Em abril, o Alto Comissariado da Organização das Nações Unidas para Refugiados (ACNUR) contabilizava 5896 pessoas vivendo nos 13 abrigos do estado de Roraima. Com tantos refugiados vivendo juntos, as necessidades são inúmeras e atender a todas é um grande desafio. Um destes desafios é manter a limpeza destes locais, e foi pensando nessa necessidade que o Rotary entrou mais uma vez em ação para ajudar essa população. Continuar lendo

Por que fazer parte de um Grupo de Companheirismo?

Por Lisa Cook, Departamento de Engajamento e Serviços do Rotary

Os Grupos de Companheirismo são entidades internacionais formadas por pessoas que possuem interesses em comum. Integrar um desses grupos é uma ótima maneira de fazer amizades com pessoas do exterior, participar de uma comunidade global focada em um hobby ou profissão, e melhorar ainda mais sua experiência no Rotary.

bike Continuar lendo

Como organizar uma cerimônia de posse on-line

Por Stephen Sennett, secretário eleito do Rotary E-Club de Melbourne, Austrália

Sennet changeover

Com a aproximação do fim do ano rotário, os clubes se preparam para realizar a cerimônia de posse das suas lideranças. Como muitas outras coisas que a pandemia de covid-19 nos impôs, esta cerimônia não poderá ser realizada de forma presencial neste ano. Por conta disso, há clubes que estão avaliando se devem adiar ou simplesmente cancelar o evento. Eu já sou da opinião de que podemos nos adaptar e realizar a cerimônia on-line.

Pode parecer quase impossível realizar algo assim, mas meus companheiros da Austrália devem se lembrar de quando tivemos que adaptar o Dia Anzac, Continuar lendo

Como usar resiliência para fortalecer Rotary Clubs durante tempos difíceis

Por Jenny Stotts, presidente da Comissão de Desenvolvimento do Quadro Associativo do Distrito 6690

Resiliência é o processo de adaptação diante de adversidades. Quando vivemos um evento traumático ou estressante, nosso cérebro mostra uma série de caminhos para nos proteger. Estes processos biológicos ajudam a nos manter seguros. É durante nossa recuperação desses eventos que crescemos, mudamos e nos fortalecemos.

June 08-20-2

Continuar lendo

O importante papel da água contra a Covid-19

lavar_maos

Por Ron Denham, presidente honorário do Grupo de Ação Água e Saneamento do Rotary (WASRAG) e membro do Rotary Club de Toronto Eglinton (Canada)

Há muito tempo, o Rotary International fez do acesso à água potável e ao saneamento um de seus eixos estratégicos. A realidade é que a maioria dos estabelecimentos de saúde dos países em desenvolvimento não tem um acesso adequado a sabão, água e saneamento. Estas condições têm um impacto sobre dois bilhões de pessoas no mundo em um momento no qual a lavagem das mãos é crucial para reduzir a propagação da pandemia de Covid-19. Juntos, nós podemos falar em uma mesma voz e contribuir para melhorar a segurança conjunta dos profissionais de saúde e dos pacientes. Continuar lendo

Três princípios que seguimos para enfrentar a pandemia

Por Joe Otin, governador do Distrito 9212

Joe Otin

A população atual está atravessando um momento decisivo de grandes proporções. A geração anterior à nossa viveu os horrores da Segunda Guerra Mundial, que alterou universalmente o curso do nosso destino. Desde tempos imemoriais, nossos antepassados já enfrentavam colapsos econômicos sísmicos, conflitos armados devastadores, catástrofes climáticas e outras incidências traumáticas que causavam desespero, morte e destruição.

Estes acontecimentos nos forçaram a remodelar nosso comportamento, a reestruturar instituições estabelecidas e, em geral, a mudar o nosso próprio modo de vida. Continuar lendo

Como apoiar os estudantes do Intercâmbio de Jovens durante a pandemia de covid-19

Pelos funcionários do departamento de Intercâmbio de Jovens e de Proteção a Jovens do Rotary International

Enquanto o mundo enfrenta desafios extraordinários em meio à pandemia do coronavírus, os participantes do Intercâmbio de Jovens do Rotary também estão enfrentando desafios inusitados. O Rotary International está trabalhando com líderes de clubes e distritos para assegurar que a saúde e a segurança dos estudantes continuem sendo a maior prioridade, quer eles permaneçam no país anfitrião ou retornem para casa.

Prezar pela segurança dos estudantes inclui oferecer apoio emocional àqueles que estão passando por uma experiência bem diferente do que esperavam. Para ajudar as pessoas envolvidas no programa, pedimos para dois líderes do Intercâmbio de Jovens compartilhar as melhores maneiras de apoiar os intercambistas durante esses tempos inusitados.

Apr. 12-19

Continuar lendo

Rotary apoia pesquisa inédita no Brasil sobre Zika vírus

Médicos conversam em laboratório equipado pelo Rotary

Rotary investiu US$ 39.500 para equipar laboratório

Em 2015 e 2016, o Brasil sofreu com a epidemia do Zika vírus, na qual a consequência mais marcante foi o nascimento, em muitas partes do país, de crianças com microcefalia, causada pela infecção da mãe durante a gravidez. Foi nesse contexto que o Rotary Club Jundiaí -Serra do Japy desenvolveu um projeto para equipar um ambulatório de pesquisa para acompanhamento de crianças expostas ao vírus, que trabalha de maneira inédita no Brasil. Continuar lendo